29/03/2017 | 08:07 | RSS | posts: 15215 | comentários: 305 | lovers: 36
Mariana Sá
postado em 29 20:06:27/12/2016

Como diretora de criação da TV Globo Brasil, Mariana Sá é responsável pela estratégia de criação e execução das campanhas de marketing da emissora e de seus produtos.

Desde 2013, quando entrou na empresa, Mariana já trabalhou em campanhas como Copa do Mundo 2014, Olímpiadas do Rio de Janeiro 2016, comemoração dos 50 anos da Globo, Globo.com, Globoplay (a plataforma mobile da marca), além de campanhas de entretenimento e jornalismo, incluindo a nova identidade da marca. Ela também é responsável pelo departamento de sequências de abertura, créditos e outros recursos visuais.

Antes disso, trabalhou por mais de 20 anos na indústria da propaganda, em agências como DDB e TBWA como diretora de criação para marcas como Gatorade, Nissan, Adidas, J&J, Honda, etc.

 

ENTREVISTA

 

PortfolioLovers. 

No fundo, no fundo, o que fez você escolher essa profissão?

 

Mariana.

Tanta coisa.

O ambiente, a beleza de ver uma ideia tomar forma, a diversidade de assuntos que tratamos. 

O dinamismo da publicidade é fascinante, o contato com tantos assuntos diferentes.

A cada campanha, a cada cliente aprendemos mais sobre as outras indústrias que movem o mundo.

 

PortfolioLovers. 

Muitos jovens têm dúvidas sobre sua escolha em ser um criativo. Que fatores ou "sinais" acha importante para ajudar nessa decisão? 

 

Mariana.

Como qualquer outra escolha na vida eu penso que o sinal é paixão.

A gente sempre diz que precisa aguentar muitas horas, muitos nãos, mas onde não é assim?

Nas escolas de balé só ficam os que amam tanto aquilo que preferem passar o sábado treinando.

Assim é com esportistas, médicos, artistas.

Sei que parece meio clichê, mas não consigo ver sinal mais importante do que achar que aquilo é a coisa mais legal de se fazer no mundo.

 

PortfolioLovers. 

Anúncios, roteiros, ações, videocases, aplicativos etc. Afinal, o que é legal ou não ter na pasta? 

 

Mariana.

Olha, eu acho legal um pouco de tudo porque a escolha do formato da ideia é parte fundamental da solução criativa.

Tem problemas que são resolvidos com ideias que funcionam melhor em TV, outras ideias nasceram para print, digital, ações, etc.

A adequação da mídia à ideia é grande parte da solução.

 

PortfolioLovers. 

Se pudesse escolher apenas 3 fontes de referências, quais seriam? 

 

Mariana.

Exposições de arte (porque arte sintetizam graficamente o que está acontecendo e os movimentos da sociedade), shows de música pelo mesmo motivo e palestras e feiras de tecnologia. Não existe nada sem isso hoje.

 

PortfolioLovers. 

Nossa área, em especial, também está tendo que lidar com as questões de gênero, tão presentes no momento atual. Como você vê essa predominância masculina na criação e como lida com isso?

 

Mariana.

É um erro histórico que graças a Deus começa a receber atenção. 

Além de ser um reflexo da desigualdade de gêneros em muitas profissões, havia a crença de que mulheres não aguentariam as muitas horas longe da família, o stress dos prazos etc. 

Mas por que os homens deveriam aguentar melhor?

O cansaço é igual, a administração do tempo é igual, a necessidade de ver os amigos e filhos é a mesma. 

Acho que estamos nos esforçando para equilibrar as oportunidades e que só temos a ganhar porque a diversidade é o que oxigena o mundo.

Vai melhorar o nosso trabalho e formaremos gerações muito melhores.

 

PortfolioLovers. 

Imagine que um dia um de seus filhos escolha ser um criativo. Que conselhos daria? 

 

Mariana.

Trabalhe muito e se divirta!

O mundo precisa de leveza.







Comentários
Nenhum comentário encontrado.
Deixe seu comentário
Digite seu comentário abaixo: